Contabilidade Ribeiro

Notícias

Mercado de trabalho em recuperação: indústria e comércio oferecem novas oportunidades de emprego

Em setembro deste ano, o Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) da Fundação Getulio Vargas subiu 0,3 ponto

Autor: Sara NanniFonte: A Autora

Em setembro deste ano, o Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) da Fundação Getulio Vargas subiu 0,3 ponto, para 87,1 pontos, número próximo ao da média histórica do período iniciada em junho de 2008. Já o Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) caiu 0,6 ponto. Esses resultados são favoráveis e indicam que o mercado de trabalho está em recuperação, embora de forma lenta e gradual. Segundo especialistas da IBE Conveniada FGV, este pode ser o momento para buscar novas oportunidades, especialmente na indústria e comércio.

“Esse pequeno aquecimento da economia reflete na necessidade de mais mão de obra porque as empresas começam a acreditar e apostar na recuperação do mercado. Hoje as organizações estão buscando principalmente profissionais da área técnica da indústria e é onde eu vejo a maior dificuldade de encontrar profissionais com qualificação”, comenta Ligia Molina, coach e professora de gestão de pessoas na IBE Conveniada FGV.

Ligia ressalta que as pessoas precisam se preparar para o mercado de trabalho. “A busca por aperfeiçoamento deve ser constante. O operador de máquina, por exemplo, pode fazer um curso de mecânica na parte de manutenção e hidráulica. Quanto mais cursos na área técnica esse profissional tiver, maior será a sua qualificação e possibilidade de ser absorvido agora pelo mercado de trabalho. Essa é a mão de obra que está em evidência no momento”, afirma a professora.

Ela explica que o comércio também deve impulsionar as contratações por causa do incremento nas vendas de final de ano. “Atender o cliente não é tão simples. O público é cada vez mais exigente, busca um profissional que saiba apresentar o produto, que conheça todas as implicações daquele produto, a forma de pagamento. O profissional precisa estar atento a esses detalhes e se qualificar”, ressalta.

Para quem está desempregado, Ligia ressalta a busca incansável por qualificação, novas vagas e networking. “Se a pessoa não está com boas condições financeiras, ela deve procurar cursos gratuitos na internet. É preciso sempre se manter atualizado para conseguir um emprego”, aconselha.

Indicadores

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp), referente a setembro deste ano, indica uma recuperação gradual do mercado de trabalho e da economia brasileira. “O Brasil ainda está em fase de recuperação econômica. Essa recuperação está sendo lenta e deve se prolongar por mais um bom tempo. A geração de emprego também acaba sendo lenta, acompanhando o desempenho da economia”, ressalta Anderson Pellegrino, economista e professor da IBE Conveniada FGV. “A queda no Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) também é favorável, porque mostra que o desemprego está diminuindo, embora de forma tímida”.

“A minha expectativa é que esse movimento de recuperação gradual continue nos próximos meses e também em 2020, quando a economia brasileira deve crescer em aproximadamente 2%. Esse resultado não pode ser considerado surpreendente e não denota grande aquecimento da economia, mas reflete um momento de recuperação, o que tem um impacto positivo sobre a geração de emprego”, comenta Pellegrino.

Últimas Notícias

  • Empresariais
  • Técnicas
  • Estaduais
  • Artigos

Boletim Contabilidade Ribeiro

Agenda Tributária

Período: Novembro/2019
D S T Q Q S S
     0102
03040506070809
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Cotação Dólar