Contabilidade Ribeiro

Notícias

O nordeste do Brasil precisa de capital

O BRASIL é o maior país da América Latina, é um país continental, tem riquezas naturais e minerais, terras férteis, e uma população aproximada de 215 milhões de habitantes

“A Black Rock sabe da potencialidade do Nordeste do Brasil, já avaliado e informado pelo ALADIN, pois a LÓGICA FUZZY da I A, e o nível de EDUCAÇÃO abunda essa região.” (Elenito Elias da Costa e o genial LEVY DA COSTA)

Introdução

O BRASIL é o maior país da América Latina, é um país continental, tem riquezas naturais e minerais, terras férteis, e uma população aproximada de 215 milhões de habitantes, mas tem sérias e graves problemas econômicos, sociais, políticos, financeiros, onde sua atual moeda (REAL), retrata a sua realidade de diversas CRISES, dentre elas, econômica, social, política, desemprego, estagflação, juros elevadíssimos, com ORÇAMENTO reduzido, e ínfimo investimento em EDUCAÇÃO e SAÚDE, com grave polarização mas com OPORTUNIDADE de mudança, ainda no ano de 2022.

O atual nível de MISÉRIA, POBREZA, SEM TETO, SEM EMPREGO, FOME ELEVADA, e demais fatos negativos, EXIGEM uma mudança radical para que aconteça a SOBREVIVÊNCIA dessa população.

É realmente um contrassenso habitar um país RICO, e ter um percentual elevado da população abaixo da linha da pobreza, TUDO ISSO prova que as melhorias só hão de acontecer com sérios INVESTIMENTOS e uma EDUCAÇÃO DE QUALIDADE.

ECONOMIA

Considerando as consequências da Pandemia que abalou a economia do globo, tivemos o adendo de outras infelicidades e pedras no caminho que agravou ainda a situação do Brasil, inclusive os efeitos do GREAT RESET, com toda sua sequela derivada dos efeitos colaterais do REMÉDIO, desde a COVID-19 e demais SAR’s, até o conflito bélico e os que virão, e ainda os problemas domésticos formando uma bolha que afeta nossas vidas.

A sociedade, empresas, bancos, profissionais e educandos, muitos não tem o conhecimento necessário para entender a situação atual, mas sofrem suas consequências, e o mais gritante é que essa situação com fatores declinantes tendem a se elevar, e as atuais dificuldades podem se agravar e gerar uma camada social dependente de programas assistenciais do Governo.

O ano de 2022, sabemos que é um ano economicamente curto, mas politicamente decisivo, acreditamos que a mudança que deve ser procedida no Brasil possa melhorar os números que há quatro anos penalizam a sociedade.

Mas esse período tem sua positividade, já que tivemos a experiência de sentir quão grave é qualquer escolha torpe, veja o caso da Ucrânia, lá um comediante está arrasando o seu próprio país e será preciso no mínimo de 10 a 20 anos, para sua recuperação se houver Capital aplicado.

O que estamos tentando explicar é que diante dos agravos extrínsecos e os gravames intrínsecos a probabilidade de melhorias poderá ainda agravar as futuras gerações no caso especifico do Brasil, pois aprendemos que há 522 anos temos riquezas e terras positivas, mas a minoria e o investidor não desejam oferecer essas melhorias, pois sabem das consequências para o ÁGIO do seu Capital.

E o mundo sabe que diante dos pífios resultados, precisam de compensação das perdas sofridas e o Brasil tem essa potencialidade, especificamente a AMAZÔNIA que o Brasil pensa que ter sua propriedade.

Nesse cenário de vacas magras, temos a oportunidade onde Larry Fink CEO da BLACK ROCK, maior Fundo de investimento do mundo, que gerencia um ativo equivalente a 17 trilhões, atrás somente do USA e da CHINA, e tem seus tentáculos espalhados por diversas entidades, seu sistema ALADIN que acolhe os grandes fundos e investidores comprova a sua importância.

A miopia da grande massa de brasileiros, não possibilita visualizar as oportunidades mesmo diante de adversidades que assolam o mundo, e mesmo sendo negativado pelo FMI, Banco Mundial, Fórum Econômico Mundial e Agência de Rattings, todas sem exceção, sabem que o Brasil tem participação importante na recuperação da Economia mundial, mas precisa de MUDANÇAS significativas, e que provavelmente acontecerá nesse ano.

Tememos que a situação da Economia que assola os USA com diversos investimentos para conter ou mesmo participar de conflitos bélicos, mesmo sabendo da recuperação lenta e do retorno desses investimentos, possam afetar o nível de Economia, deixando a CHINA crescer diante dos números em análise mesmo sofrendo crises, imobiliária e energética, mas sabemos da solidez e comprometimento de Xi Jiping expressados em seus últimos discursos.

A situação econômica dos USA, e países Europeus, inclusive a própria OTAN, talvez precisassem desse conflito bélico e do plano B, para tentar recuperar a Economia, mas sabem que seus efeitos colaterais gerariam consequências graves e de difícil solução.

Diante da ameaça do sistema Capitalismo de mercado, desvalorização dólar, e endividamento da divida externa americana, agregada aos números declinantes da economia dos países europeus, demonstrando fragilidade diante da crescente economia chinesa e sua inovação tecnológica, podem iniciar uma NOVA ORDEM que mesmo com sangue, suor e lágrimas, não inibem a aplicação do remédio, pois a gula do capital assim exige.

EDUCADOS e PROFISSIONAIS

Devemos entender que essa de “dormir em berço esplendido” é uma falácia, pois, os fatos que acontecem hoje no mundo, não têm limites, nem fronteiras e sim objetivos, e para conseguir tais objetivos, destruir um país e matar grande número de inocentes, é considerado somente um simples efeito colateral.

Estamos numa situação bastante complicada, onde ficar em dúvida, ou em cima do muro, não nos levará a lugar nenhum, e cada um de nós devemos ficar atentos e proceder ás ações e atitudes que possam minorar nossos recursos através da obtenção de melhor capacitação e qualificação profissional para acompanhar as exigências seletivas do mercado atual.

Atualmente a nossa pífia qualidade educacional, cultural que perfazem a nossa formação profissional é bastante mínima diante da necessidade de melhorias, portanto, devemos proceder a uma nova avaliação e retomar as ações e atitudes necessárias, desde a busca de melhor formação, passando pela necessidade de aprender outros idiomas, até chegarmos a conviver com as inovações tecnológicas derivadas da Inteligência Artificial, e não devemos perder mais tempo.

No futuro breve a sociedade será divida em dois grandes grupos, os INCLUÍDOS que detém os recursos e condições necessárias para se adequar ao mundo moderno e os EXCLUÍDOS que ocupam um lugar no espaço e pensam que pelo fato de respirar tentam existir, mas sabem que o cenário e futuro que os esperam.

CONCLUSÃO

Entender e assimilar os fatos e acontecimentos que assolam o mundo, e ver as oportunidades que se apresentam diante de nossas competências, representam um caminho a ser seguido.

Proceder a uma análise criteriosa diante do que somos e do precisamos, deverá nos conduzir a um caminho com melhor cenário promissor.

Mas devemos entender que, inexiste sucesso sem esforço, qualquer que seja o sofrimento que devemos passar, deverá representar um futuro melhor, mas devemos entender que a MUDANÇA é a única palavra constante em nossas vidas.

Outro fator que devemos acrescentar nessa capacitação é o TEMPO que urge para tal transformação.

Lembramos que, até mesmo no excesso de risos há pessoas que derramam lágrimas.

AUTORES: Elenito Elias da Costa e o genial LEVY DA COSTA.

Últimas Notícias

  • Empresariais
  • Técnicas
  • Estaduais
  • Artigos
  • Melhores

Boletim Contabilidade Ribeiro

Agenda Tributária

Período: Maio/2022
D S T Q Q S S
01020304050607
08091011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Cotação Dólar