Contabilidade Ribeiro

Notícias

Bolsa fecha em máxima histórica nesta segunda-feira

O Ibovespa fechou com alta de 1,7%, a 74.319 pontos.

O Ibovespa, principal índice de ações da B3 (junção da BM&FBOVESPA com a Cetip), atingiu recorde nesta segunda-feira (11), acima dos 74 mil pontos.

O Ibovespa fechou com alta de 1,7%, a 74.319 pontos.

Por volta as 11h30, o índice subiu 1,35%, a 74.062 pontos.

Às 16h, o índice tinha alta de 1,83%, a 74.414 pontos.

O otimismo em relação à política brasileira e com o cenário externo também mais favorável impulsionaram a alta.

A maior pontuação de fechamento até então tinha sido registrada em 20 maio de 2008, quando o Ibovespa atingiu 73.516 pontos. Apesar disso, a avaliação de analistas é que a bolsa brasileira está abaixo do nível de 2008 se forem considerados a inflação e o câmbio do período.

Há uma perspectiva de enfraquecimento de nova denúncia contra o presidente Michel Temer, especialmente após a prisão de Joesley Batista, dono da JBS. Dessa forma, o avanço das reformas no Congresso ganha força.

Houve também uma diminuição das preocupações com as tensões geopolíticas após a Coreia do Norte não conduzir novos testes nucleares e com alívio após o enfraquecimento da tempestade Irma.

Na ponta positiva, a Eletrobras liderou os avanços, com valorização de mais de 7%. Na ponta negativa, as ordinárias da JBS ON fecharam em queda de 0,73%, o pior desempenho do índice.

O dólar também fechou em alta sobre o real nesta segunda-feira (11), após operar em queda pela manhã. A cotação baixa dos últimos dias atraiu os investidores.

A moeda norte-americana fechou com alta de 0,3%, a R$ 3,1038.

Às 16h23, a moeda norte-americana tinha alta de 0,39%, a R$ 3,0986.

No cenário interno, melhoraram as expectativas para a economia brasileira, com aumento da projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país. No âmbito político, os investidores estão mais otimistas com a governabilidade para aprovar reformas econômicas.

No cenário externo, a perda de força do furacão Irma e a calmaria na Coreia do Norte favoreceram o clima mais tranquilo nesta segunda-feira.

O dólar subia ante uma cesta de moedas, e operava misto ante divisas de emergentes, em alta ante o peso chileno, mas em queda ante o peso mexicano e a lira turca.

O Banco Central brasileiro não anunciou qualquer intervenção no mercado de câmbio nesta sessão. Em outubro, vencem US$ 9,975 bilhões em contratos de swap cambial tradicional - equivalentes à venda de dólares no mercado futuro.

Últimas Notícias

  • Empresariais
  • Técnicas
  • Estaduais
  • Artigos

Agenda Tributária

Período: Setembro/2017
D S T Q Q S S
     0102
03040506070809
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Cotação Dólar