Contabilidade Ribeiro

Notícias

Bitcoin, ouro ou dólar: qual o melhor investimento?

Os altos retornos das criptomoedas e a projeção de que é a moeda do futuro gera expectativas e dúvidas sobre qual o melhor investimento do momento, a novidade ou os tradicionais ouro e dólar. Com variáveis acerca de um cenário de turbulências inte

Os altos retornos das criptomoedas e a projeção de que é a moeda do futuro gera expectativas e dúvidas sobre qual o melhor investimento do momento, a novidade ou os tradicionais ouro e dólar. Com variáveis acerca de um cenário de turbulências internacional, dificuldades do governo Trump de obter apoio no Congresso e considerando, ainda, o prazo adequado para cada aplicação, Mauriciano Cavalcante, diretor de câmbio da Ourominas, revela os prós e contras de cada um, para ajudar na escolha.

Bitcoin

Mesmo sendo apontada como a moeda do futuro, as criptomoedas pecam pela falta de regulamentação da maioria dos países, além de problemas de segurança que resultaram em furtos de bitcoins feito por hackers, que elevaram uma repentina queda de valores, de até 40% neste começo de ano. Por outro lado, elas podem ser usadas em qualquer país, além de serem livres de taxas de câmbio e imposto. “As criptomoedas serão o futuro do mercado financeiro. Mas, para isto acontecer, ainda falta a devida regulamentação. Por enquanto, a chance de ganhar e perder é de 50% para cada lado”, explica Cavalcante.

Dólar

O cenário internacional incerto e a pouca popularidade do governo Trump, que prejudica a aprovação de medidas importantes no congresso norte-americano, prejudicam esse tipo de aplicação. Com a desvalorização do dólar frente ao Euro, Libra e demais cédulas, o diretor da Ourominas não aconselha este tipo de investimento atualmente. “No entanto, quem tem viagem marcada pode aproveitar os momentos de queda para comprar, com os vai e vens da Lavajato e projeções para eleições presidenciais”, diz o especialista.

Ouro

Para quem procura uma aplicação mais cautelosa, com liquidez diária e a longo prazo, o ouro, mesmo sendo um dos ativos mais tradicionais, tem se mostrado uma opção interessante. “Por conta das crises mundiais, esse metal se manteve mais seguro e teve uma valorização de 10% nos últimos 12 meses. Porém, recomendamos esse investimento para quem deseja manter a aplicação por pelo menos um ano”, indica Cavalcante. Hoje, um grama de ouro está cotado em cerca de R$ 146. Mesmo que o valor possa ser afetado por instabilidades no mercado nacional, ele é menos imprevisível que outras aplicações.

Últimas Notícias

  • Empresariais
  • Técnicas
  • Estaduais
  • Artigos

Boletim Contabilidade Ribeiro

Agenda Tributária

Período: Dezembro/2018
D S T Q Q S S
      01
02030405060708
09101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Cotação Dólar