Contabilidade Ribeiro

Notícias

A iluminação do seu home office pode estar boicotando a sua produtividade

Arquiteta dá dicas para planejar a iluminação do ambiente de acordo com o cômodo que você usa para trabalhar

Muitos escritórios já voltaram a funcionar, mas cerca de 8,4 milhões de profissionais ainda estavam em home office em julho, segundo o último levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Além disso, diversas empresas já anunciaram que devem continuar funcionando remotamente por um bom tempo.

Muitos empreendedores precisaram improvisar espaços de trabalho no próprio quarto, na sala ou na cozinha durante os primeiros seis meses de pandemia e não tiveram tempo para pensar em detalhes, como a iluminação. No entanto, com o iminente prolongamento da experiência, pode ser uma boa ideia repensar essa questão agora.

A arquiteta Nicole Gomes é especializada em iluminação de espaços residenciais e corporativos e comenta que se que o ambiente tiver dupla finalidade, como trabalhar e dormir, são necessárias iluminações distintas, mas é possível equilibrar sem gastar muito. Confira algumas dicas:

Espaços integrados: caso o espaço do home office seja integrado a alguma área social, a dica é investir em uma luminária de mesa com design diferenciado. Dessa forma, é possível integrar o item à decoração e se preparar para as horas de trabalho intenso.

Tons da luz: Nicole explica que a cor da lâmpada é muito importante. Se for muito branca, por exemplo, agita demais e cansa em poucas horas. Já as mais amareladas deixam as pessoas mais relaxadas, ao invés de produtivas. “O ideal é que você use uma lâmpada neutra. Caso o seu home office seja integrado, padronize a tonalidade da luz e use uma luminária de mesa”, explica.

Pendente ou luz direta: A especialista diz que se o ambiente for destinado exclusivamente para o home office, o foco da iluminação do cômodo deve ser a mesa de trabalho. A dica é posicionar a luz em cima da mesa e não atrás, pois isso pode gerar sombra.

Home office no quarto: caso o seu espaço de trabalho seja no quarto, é preciso equilibrar a iluminação tanto para trabalhar quanto para dormir. A dica é investir em uma luz de apoio na mesa. Ela pode ser um abajur, uma arandela ou perfil na marcenaria, se for o caso. "O importante é que a área de trabalho seja iluminada para não forçar a vista e nem deixar sombras", explica.

Se a luminária de mesa estiver emitindo uma luz muito intensa, um dimmer (controle de intensidade) resolve a questão. O ideal é que as duas luzes, tanto a da mesa quanto a do quarto, tenham um acendimento separado para deixar o espaço mais confortável.

Home office na mesa de jantar: se esse for o caso, a luz precisa ser mais homogênea. Sob o viés de decoração, a altura do pendente deve ser de até 90 centímetros para não ofuscar e deixar o ambiente mais confortável.

Últimas Notícias

  • Empresariais
  • Técnicas
  • Estaduais
  • Artigos
  • Melhores

Boletim Contabilidade Ribeiro

Agenda Tributária

Período: Outubro/2020
D S T Q Q S S
    010203
04050607080910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Cotação Dólar